Transformadores de potência: da fábrica à subestação

Aprenda sobre os aspectos construtivos fundamentais, a finalidade e avaliação dos ensaios de fábrica, os procedimentos de instalação em subestações (com ensaios de comissionamento), a finalidade e avaliação dos ensaios do óleo isolante, e as políticas de operação, manutenção e diagnóstico.

Sobre

Transformadores de potência são equipamentos de aplicação estratégica no setor elétrico. Conhecer esses equipamentos com a devida profundidade e domínio torna-se, pois, fundamental para muitas tomadas de decisão, que vão desde a aprovação dos ensaios procedidos em fábrica, quando da aquisição de um novo ativo, ao seu posterior transporte e recebimento em campo, com a montagem, comissionamento e operação.

Objetivo

Capacitação dos profissionais que lidam com transformadores de potência, ou mesmo aqueles que têm interesse em fazê-lo, abordando aspectos construtivos estratégicos, procedimentos de instalação e políticas de diagnóstico e operação desses equipamentos.

Método de aula
As aulas serão ministradas de forma online e ao vivo pela plataforma Zoom, o que permite maior interação entre os participantes e o professor.
Aplicação de exercício prático sobre dimensionamento específico para cada tipo de instalação com valores práticos.

Público-alvo

Profissionais com formação técnica ou superior na área elétrica e que trabalham ou desejam trabalhar com transformadores de potência.

Material didático e de apoio:

  • Apostila das aulas em formato eletrônico;
  • Artigos técnicos e demais literaturas citadas nas aulas, para leitura complementar;
  • Links para os materiais adicionais mencionados nas aulas.

Conteúdo Programático

  • O transformador de potência no setor elétrico de potência (SEP);
  • Nomenclaturas técnicas padronizadas;
  • Aspectos construtivos do transformador de potência e as correspondentes modelagens matemáticas das grandezas elétricas e magnéticas correlatas;
  • Tipos de núcleos magnéticos; e
  • Diagramas fasoriais.
  • Comutador de derivações em carga (CDC) e comutador de derivações sem tensão;
  • Regulação de tensão e função ANSI 90;
  • Tipos de isolação dos enrolamentos: papel kraft, papel kraft termoestabilizado, aramida e suas relações com a classe térmica e diferença entre isolação progressiva e uniforme;
  • A relação entre temperatura do ponto mais quente do enrolamento, o ensaio de elevação de temperatura, a potência nominal do transformador e os estágios de ventilação;
  • Buchas condensivas: os tipos e aplicações; as diferenças em relação às buchas sólidas; capacitância, tangente delta e resistência de isolamento;
  • Transformadores de corrente de bucha e imagem térmica;
  • Proteções inerentes: relé de gás, baixo nível de óleo, relé de pressão súbita do comutador, proteções térmicas e dispositivo de alívio de pressão (DAP);
  • Óleos isolantes: mineral parafínico e naftênico e vegetal – diferenças, vantagens e desvantagens; e
  • Processo fabril de secagem da parte ativa e sua relação com o grau de polimerização da isolação celulósica dos enrolamentos.
  • Ordem e finalidade de realização de cada ensaio;
  • Relação de transformação, polaridade, deslocamento angular e sequência de fases;
  • Medição da impedância de curto-circuito e das perdas em carga;
  • Medição das perdas em vazio e da corrente de excitação;
  • Ensaios no comutador de derivações em carga;
  • Medição da resistência de isolamento;
  • Ensaios dielétricos de rotina (ABNT NBR 5356-3:2007);
  • Ensaios dielétricos de tipo (ABNT NBR 5356-3:2007);
  • Ensaios dielétricos especiais (ABNT NBR 5356-3:2007);
  • Ensaios elétricos de rotina em buchas (ABNT NBR 5034); e
  • Estanqueidade e resistência à pressão a quente (subterrâneos) ou à temperatura ambiente (demais com S ≥ 750 kVA);
  • Verificação do funcionamento dos acessórios; e
  • Verificação da espessura e aderência da camada de pintura externa (V ≥ 245 kV).
  • Ensaio de elevação de temperatura;
  • Ensaios de óleo isolante (V ≥ 72,5 kV e S ≥ 5 MVA);
  • Ensaios de óleo isolante para transformadores de tensão nominal < 72,5 kV);
  • Ensaios de óleo isolante para transformadores de tensão nominal < 72,5 kV);
  • Medição das capacitâncias entre enrolamentos e terra e entre enrolamentos;
  • Medição da característica da tensão transitória transferida;
  • Medição da(s) impedância(s) de sequência zero em transformadores trifásicos;
  • Ensaio de suportabilidade a curto-circuito;
  • Ensaios elétricos de tipo em buchas (ABNT NBR 5034);
  • Determinação do nível de ruído audível;
  • Medição de harmônicas da corrente de excitação;
  • Medição da potência absorvida pelos motores das bombas de óleo e dos ventiladores;
  • Medição do fator de potência do isolamento;
  • Análise cromatográfica dos gases dissolvidos no óleo isolante;
  • Vácuo interno;
  • Medição da tensão de radiointerferência;
  • Medição da resposta em frequência e impedância terminal;
  • Ensaio do grau de polimerização do papel;
  • Medição do ponto de orvalho; e
  • Levantamento da curva de saturação e medição da reatância em núcleo em ar do enrolamento.
  • Procedimento para transporte e o registrador de impactos;
  • Análise de resposta em frequência e sua relação com alterações na geometria da parte ativa em decorrência de danos de transporte;
  • Armazenamento temporário e permanente (estocagem);
  • Montagem em campo;
  • Tratamento de óleo e enchimento sob vácuo do transformador: procedimento e boas práticas de Engenharia; e
  • Ensaios de óleo: análise de gases dissolvidos, análise físico-química, contagem de partículas, teor de compostos furânicos, teor de dibenzil dissulfeto e teor de bifenilas policrolaras (PCBs).
  • Introdução ao comissionamento;
  • Ordem de ensaios elétricos e procedimentos de segurança para realizá-los;
  • Ensaios elétricos de relação de transformação;
  • Ensaios de corrente de excitação com tensão reduzida;
  • Ensaios de fator de potência do isolamento;
  • Ensaios de resistência de isolamento;
  • Ensaios de capacitância, tangente delta e resistência de isolamento em buchas condensivas;
  • Ensaios de relação de transformação, resistência elétrica dos enrolamentos, resistência de isolamento, curvas de saturação e polaridade magnética de TCs de bucha;
  • Ensaios elétricos de resistência elétrica dos enrolamentos; e
  • Análise de resposta em frequência.
  • Parametrização das funções de proteção térmica ANSI 26 e 49;
  • Startup do equipamento: visão geral das demais proteções envolvidas, energização a vazio e posterior tomada de carga;
  • Periodicidade da realização de coletas de óleo para análise preditiva;
  • Avaliação dos resultados das análises de óleo;
  • Análise de gases dissolvidos no óleo e a predição de falhas incipientes;
  • Teor de compostos furânicos no óleo, inferência matemática do grau de polimerização do papel e a vida útil remanescente do transformador;
  • Gerenciamento da manutenção dos comutadores de derivações em carga; e
  • Realização periódica de ensaios elétricos.
  • Inspeções termográficas periódicas;
  • Breves conceitos sobre detecção de descargas parciais pelo método acústico;
  • Tópicos complementares sobre monitoramento online;
  • Tópicos complementares sobre transformadores e subestações móveis: aspectos construtivos, especificidades e aplicações;
  • O Eng. Caio Huais, com sua experiência como gestor de manutenção, explica como agir em caso de desligamentos fortuitos: interpretação de sinalizações e atuações de proteções inerentes e/ou do vão do transformador, ensaios elétricos mínimos para nova tentativa de energização e práticas salutares para tomada de decisões junto às equipes, com segurança e responsabilidade técnica;
  • Fator K de transformadores; e
  • Abertura para dúvidas finais.

Confira os

BENEFÍCIOS

  • 24 horas de aulas ao vivo e online;
  • Acesso às gravações, após o encerramento do curso, por um período de 1 ano;
  • Material de apoio disponível em plataforma exclusiva para os alunos;
  • Acesso à comunidade do grupo para dúvidas, até o fim do curso, e networking durante 1 ano (Aplicativo WhatsApp);
  • Certificado de conclusão com ementa do curso e assinatura do instrutor.

OUTROS detalhes

INVESTIMENTO E DATAS

As aulas serão ministradas de forma online e ao vivo pela plataforma Zoom, o que permite maior interação entre os participantes e o professor.

Para maior comodidade dos alunos, que, eventualmente, podem perder aulas por conta de imprevistos profissionais, as aulas serão gravadas e disponibilizadas, após o encerramento do curso, pelo período de 1 ano.

Datas: 04, 06, 11, 13, 18, 20, 25 e 27 de março de 2024
Horário: 19h às 22h
Carga horária total: 24 horas

 

R$ 1.718,00 em até 6x sem juros

Caio Cezar Neiva Huais

É formado em Engenharia Industrial, pós-graduado em Engenharia elétrica e sistemas de Automação, possui MBA em Engenharia de Manutenção e em Gestão competitiva e BI. Estuda Gestão de Negócios, atualmente. Tem formação em Lean, tendo concluído, na prática, mais de 12 projetos de melhoria contínua e 2 P&Ds com fases de Lote Pioneiro. Atualmente responde pela Manutenção da Alta Tensão do maior player multiutilities do Brasil, num parque de mais de 500 subestações e 18mil km de linhas de transmissão, atendendo mais de 13 milhões de Unidades consumidoras que representam mais de 10% de toda população brasileira e presente (na distribuição) em 3 regiões do País – O Grupo Equatorial Energia.

Yuri Andrade Dias

Graduou-se em Engenharia Elétrica pela Escola de Engenharia Elétrica, Mecânica e de Computação da Universidade Federal de Goiás (2016), onde obteve os títulos de Mestre em Engenharia Elétrica (2019) e Doutor em Engenharia Elétrica (2023). Atualmente é o engenheiro responsável pela Engenharia de Manutenção de Subestações de Alta Tensão distribuidora Equatorial Goiás, administrando, dentre outros temas, o controle de manutenções preventivas e corretivas de mais de 500 transformadores as intermediações, junto aos fabricantes desses ativos, de processos de recebimento e aprovação em fábrica, bem como acionamentos de garantia, quando da detecção de problemas fabris.

R$ 1.718,00 em até 6x sem juros

Transformadores de potência: da fábrica à subestação
Fale com a nossa equipe!